5 Tipos de Vídeos Para Toda Empresa Ter em seu Site

5 Tipos de Vídeos Para Toda Empresa Ter em seu Site.



Se uma imagem já vale mais que mil palavras, imagine quanto vale um vídeo! Conteúdo em vídeo é uma tendência que decolou na internet, abocanhando quase 80% do tráfego da rede em 2017. Porquê? Por que vídeos são melhores do que qualquer outro tipo de conteúdo em termos de conversão e de envolvimento do público. Lojas virtuais, academias, fotógrafos freelance, não importa o seu ramo, adicionar vídeos ao site transforma visitantes em clientes.
Além disso, basta olhar seu sobrinho de três anos assistindo completamente vidrado no YouTube para entender algo fundamental sobre vídeos: eles cativam. Na verdade, os visitantes ficarão dois minutos a mais em seu site se houver um vídeo. Os algoritmos do Google se encantarão com estes minutinhos extras e conferirão uma posição ainda melhor para seu site nos resultados das buscas (esta é a própria definição de SEO: otimização para os mecanismos de busca).
Envolvimento, conversão e SEO: parece uma receita mágica para promover seu negócio na internet. Duas questões devem estar piscando na sua mente agora. Primeiramente, “como posso exibir vídeos em meu site?” A segunda pergunta, naturalmente, é sobre “que tipo de vídeo devo usar?”. Claro que você pode colocar seu clipe preferido do Rei Roberto Carlos – muitos visitantes vão adorar! – mas não sabemos ao certo que impacto terá nas suas vendas. O que você precisa mesmo são vídeos profissionais, que falem sobre a sua marca, seus produtos ou serviços, e seus clientes.
O melhor de tudo? Não é mais preciso pegar um empréstimo para fazer tudo isso acontecer! Trazemos cinco ideias de vídeos que você pode produzir com facilidade, sem nenhum custo. Cada vez mais, pequenos negócios estão usando vídeos em seus sites, com bastante sucesso. Chegou a sua vez! Pegue seu smartphone, prepare um cafezinho e siga as instruções que preparamos para você.

Vídeo com depoimento

Sabe o que é melhor do que um cliente satisfeito? Um cliente que demonstra toda esta felicidade diante das câmeras! Pense nisso. Quando você está na internet, procurando um produto ou um serviço, sempre acaba dando uma olhada nos comentários e avaliações que outros consumidores escreveram. É por isso que a maior parte do bons sites dedicam uma seção inteiramente a depoimentos de sua clientela satisfeita. Muitas vezes, estes elogios vêm em forma de texto ou foto, mas você pode ir além produzindo vídeos com depoimentos. Ver e escutar os demais clientes falando sobre suas experiências pessoais com a sua marca pode ser exatamente o que faltava para despertar a confiança dos indecisos!
Então como se faz para filmar um depoimento? Para começar, encontre todos os clientes que puder, através do Facebook ou convidando-os por email. Depois de achar suas estrelas, envie uma lista de perguntas que podem ser feitas durante a entrevista – não vale a pena deixar tudo por conta da improvisação, pois há sempre alguns aspectos específicos da sua marca que você deseja enfatizar. Os entrevistados devem dizer à câmera quem são, como encontraram o seu negócio e qual valor específico seu produto/serviço pode agregar – como suas vidas melhoraram, quanto dinheiro estão economizando, etc. No dia da filmagem, deixe os clientes bastante confortáveis, para que expressem suas emoções mais sinceras e suas histórias mais pessoas, pois são justamente estes relatos que vão conquistar os espectadores.
Ao final da entrevista, demonstre sua gratidão oferecendo ao cliente algum mimo, um brinde ou um cupom de desconto. Siga para a edição do vídeo – a duração do vídeo final deve ser de um a dois minutos caso haja apenas um cliente entrevistado, e não mais de três caso seja uma edição de várias entrevistas. Com tudo pronto, basta adicionar o vídeo do depoimento ao seu site com o  Vídeo!

Vídeo de apresentação da equipe ou da empresa
Também conhecido como vídeo “sobre nós” ou “sobre a cultura da empresa”, este tipo de vídeo exibe as pessoas mais queridas (sim, a sua equipe!) com bastante energia, e de maneira cativante. Seu maior objetivo é gerar identificação com a sua marca, mostrando as pessoas que estão por trás dela. É um fato que os clientes se relacionam melhor com um rosto, uma voz e um nome, do que com um mero produto, e é por isso que os pequenos negócios incluem uma página “Sobre” em seu site. No entanto, estas páginas têm um problema: elas são muito parecidas, com descrições padronizadas e fotos sem graça nenhuma e sérias demais. Um vídeo pode ser o substituto perfeito – e barato!
O vídeo causará máximo impacto se conseguir mostrar seu time trabalhando com bastante união, mas também permitindo que cada personalidade se sobressaia. Ou seja: você deve intercalar trechos em que as pessoas apareçam sozinhas (ou em pequenos grupos, se a sua equipe for muito grande) com trechos em que todos estejam trabalhando juntos. Mesmo que você trabalhe sozinho, vale a pena apostar neste formato: é possível criar um vídeo curto no qual você apareça em diversas situações (sala de aula, reunião com clientes, ensaio fotográfico, etc.) e mostrar seu estilo! Por fim, não importa o tamanho da empresa, o tom da sua mensagem deve ser o mesmo: calor, receptividade, paixão pelo trabalho e pela clientela. E se conseguir adicionar uma pitada de humor, melhor ainda!
A duração? De dois a três minutos. Após a edição das imagens, escolha uma trilha sonora bacana e faça o upload do arquivo final 

Vídeo de demonstração de um produto

Trata-se, essencialmente, de um tutorial sobre o produto. O vídeo deve explicar o que é o produto e porque vale a pena tê-lo, caso seu público-alvo seja potenciais clientes. Se optar por focar em clientes com experiência de uso do produto, o vídeo também pode apresentar funções novas e usos avançados. Em ambos os casos, enfatize a forma como o produto é eficiente, inteligente e de fácil manuseio, visando aumentar a taxa de conversão. Estudos indicam que as pessoas têm uma tendência 64% maior de comprar um produto pela internet após assistirem um vídeo. Mas esta não é a única vantagem: assistir um vídeo é muito mais agradável do que ler um longo texto descrevendo a mercadoria, além de ser um conteúdo agradável que vai dar uma animada no site – seu SEO agradecerá!
No vídeo, o produto deve ser exposto de todos os ângulos possíveis. Neste ponto, preste máxima atenção à luz, pois uma iluminação mal feita pode estragar mesmo o produto mais belo. Forneça o máximo de dados possíveis para conquistar o espectador (dimensões, preço, relação custo-benefício, etc), pois as pessoas amam números! Dispense a modéstia e explique por que seu produto é melhor que os concorrentes. Em resumo: seja o mais informativo possível e, se puder, adicione uma pitada de diversão e criatividade para cativar a atenção dos espectadores. Com relação ao formato, você pode manter-se fiel ao clássico – um cliente usando o produto – ou ousar, abusando da criatividade e usando uma animação em 3D.
Independente destas variáveis, o vídeo deve ter entre um e dois minutos, para transmitir toda a informação necessária sem cansar o cliente. Quando estiver pronto, publique no YouTube, no Facebook e na página inicial de seu site

Facebook Live

Não precisa ter vergonha, o Facebook é o lugar para mostrar seu rosto! Lançado em 2016, o recurso de transmissão ao vivo de vídeos tomou de assalto o Facebook. A idéia é muito simples: os usuários agora podem filmar vídeos em seus smartphones (ou computadores) e transmiti-los em tempo real para suas comunidades. E já que “comunidade” rima com “oportunidade”, as pequenas empresas e os profissionais freelancers entraram de cabeça nesta tendência para envolver seus clientes e aumentar a exposição de suas marcas. E eles não poderiam estar mais certos, uma vez que o Facebook dá máxima exposição orgânica aos vídeos gerados com o Live, que acaba alcançando amplas audiências.
Não há nenhum limite para o Facebook Live. Você pode fazer um passeio pelo escritório, uma sessão de perguntas e respostas, oferecer uma provinha de um novo produto ou até filmar um grande cubo de gelo derretendo, Sinta-se completamente livre e pense que, quanto mais diferente for o seu vídeo, mais chances dele se destacar! Faça testes e pense no tipo de conteúdo que você gostaria de ver no seu próprio feed. Seja qual for a sua ideia, lembre-se de que o Live é uma excelente maneira de interagir com a clientela. Ao longo de toda a duração do vídeo, peça opiniões e comentários, e responda a todos! (Peça ajuda a alguém da sua equipe ou seu marido, para ficar de olho nos comentários e não deixar passar nenhum!) Uma última dica: antes de começar a transmissão, não se esqueça de um bom título (a descrição acima do vídeo) para maximizar as chances de ter uma boa audiência.
Neste caso, quanto mais longo, melhor! Cada segundo a mais representa a oportunidade de conquistar mais um espectador – então não se limite! Para ampliar ainda mais o impacto, transmita seu Facebook Live diretamente em seu site

Artigo para seu blog em formato de vídeo

Começar um blog será excelente para sua pequena empresa, sob todos os aspectos. Você se apresentará ao mercado como um especialista no ramo, ganhará alguns seguidores leais e investirá no SEO do seu site. Então por que não começar agora? Bom, pode ser que você esteja enfrentando um bloqueio criativo, ou ainda não tenha encontrado uma maneira de se destacar – cá entre nós, há uma quantidade enorme de blogs por aí. Aqui está a solução para os seus problemas: um blog em formato de vídeo!
Como qualquer artigo de seu blog, o objetivo é expor seu conhecimento exclusivo sobre sua área de atuação, analisar as mais recentes tendências do mercado e dar boas dicas à comunidade. O mais legal dos vídeos para blogs é que não há um formato específico. Na maioria das vezes, os “vloggers” (vídeo-bloggers ou, como muitos são chamados hoje em dia, YouTubers) aparecem sozinhos em uma sala, usando a câmera do computador ou do telefone. Se você tem os recursos ou os talentos certos, vale a pena fazer uma pequena edição, para adicionar animações, texto e música, mas não se esqueça: o foco deve permanecer no que você tem a dizer, não na forma como você está apresentando a idéia!
Em termos de duração, seguimos o princípio da flexibilidade. Um vídeo para o blog não pode durar menos de dois minutos, mas qualquer coisa acima de dez minutos já será exagerada! Produza os vídeos com regularidade (um a cada semana, duas semanas, um mês – você escolhe a periodicidade, mas tem que conseguir cumpri-la!) e faça upload para seu blog

Postagens mais visitadas deste blog

10 Erros que Podem Arruinar em Uma Entrevista de Emprego

Aumente a Satisfação da sua Equipe Como Um Bom Café!

Como Perder Amigos nas Redes Sociais